Páginas

11 de dez de 2011

O BARRACO ARMADO DE JOANA MACHADO E ALEXANDRE FROTA


                                           Vídeo polêmico de Alexandre Frota e Joana Machado

-O PAGAMENTO DO MICO  E PICO DE REPERCUSSÃO 

Nunca em sua vida, Joana Machado, a vencedora de A fazenda 4, conseguiu tanta façanha como depois de ser espancada e destruir o carro do jogador Adriano  com quem era casada.
Joana -1
Foi aproveitando o seu pico de repercussão com o barraco armado, que ela foi procurar ajuda dos serviços de gerenciamento de carreira de Alexandre Frota. Enfim ele ajudaria dando consistência a mídia da moça.
                       
Conforme a personal trainer já teria admitido, ela assinou o contrato do qual Frota lucraria em toda e qualquer representação artística realizada por ela onde ele receberia a porcentagem de 20 a 30% por acontecimento percebido por Joana a quem por sua vez, não teria o direito de trabalhar com outro empresário antes de vencer o acordo.
Joana-2
Além de outras exposições, Alexandre diligenciou intermediação entre a loura e o reality show. Enfim, tudo foi fluindo convenientemente para a conquista do sucesso. Conseguiu uma ponta na fazenda quando já havia encerrado as inscrições. A sua permanência sempre acesa, no reality, conspirava para um final feliz. Antevendo a chance da vitória, Alexandre, de antemão, já reunia à imprensa para escancarar o contrato assinado pela então confinada.

Joana (1 e 2 em 1)
Espertalhão e polêmico, o ator cresceu "o olho" em direção a imagem de sua gerenciada até que chegou o dia da vitória que veio em decorrência do "empurrão" da mão de Frota a quem com "unhas e dentes",pretendia reaver o combinado considerado como ético. Prometia, aos quatro ventos, sair dessa, de alma lavada, depois de beliscar a bolada que engordou a conta da ex- peoa em 2 milhões de reais.                       
Mas como reza o ditado: “pão comido não é lembrado”, a moça já saiu da fazenda com amnésia, sem lembrar de ter feito antes da bonança qualquer tipo de promessa.
Tendo a memória refrescada pelo seu empresário, começa a dar uma de desentendida estranhando e ignorando tudo. Constituiu advogado para processar o seu empresário. As alegações da vencedora, partem de crime contra a honra uma vez que as desavenças arranhavam negativamente a imagem da milionária.

De resto, o advogado teima em resistir à ignorância. Não acredita na existência de todo e qualquer contrato. "Isso não existe"...Diz o jurisconsulto. "Até agora minha cliente não foi citada nem intimada muito menos será desfalcada".               

3 comentários:

  1. Depois de ganhar, Joana passou a negar a existência do contrato.Ele diz q não.Vamos aguardar?

    ResponderExcluir
  2. È difícil vencer sem ajuda.Um padrinho é imporante TCHɨ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

    ResponderExcluir