Páginas

29 de out de 2009

ÚLTIMAS NOTÍCIAS EM RESUMO



NAS TETAS DO SENADO

Convocados para o recadastramento no sentido de atualizar o empreguismo no Senado, 70 fantasmas cadastrados ficaram de fora por não efetuarem a solicitação.Tudo indica que possíveis invisíveis estavam ou continuam mamando nas tetas do Senado. Mesmo assim houve prorrogação por mais 15 dias para bater o martelo da decisão. Dou-lhe uma...
SENADO II
O problema não é o Senado descobrir os funcionários fantasmas. o problema está em os fantasmas descobrirem onde fica o Senado.Mas em Brasília os guias de turismo podem indicar sua localização exata.
SERVE PRA ALGUMA COISA
Além de dominar a cidade, os bandidos do Rio têm outro grande poder: grudar na cadeira o governador e o prefeito, sem viajar há quase um mês.
ERA SÓ O QUE FALTAVA
O Ministro da Defesa da França Hervê Morin, volta nos próximos dias ao Brasil, em missão sem rodeios: fazer lobby para a venda de armas. Aqui?

27 de out de 2009

CONTOS E POESIAS INTERESSANTES


     Aqui, participe você também; criticando ou sugerindo alguma ideia de contos e poesias interessantes.

  
     Estes escritos estão liberadas sob uma licença creative commons. Você pode copiar distribuir, exibir         executar desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial destas obras,       nem delas criar outras derivadas.
                                                            


















 O BICHO

Vi ontem um bicho                                                           
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato.     
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem.

Rio, 27 de Dezembro de 1947.
Manuel Bandeira. Estrela da Vida Inteira.
Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993
(20ª ed.), pp. 201-202 e 222
____________________________________
A BARATA BARATINADA
                                                                          
(Conto de Mírian Cavalcanti Prado)

De manhã bem cedo, aparece, vinda de lugar não sabido, aquela barata tonta. Voadora como o quê, aterrissa no campo de uma conceituada padaria da cidade. Levada pelas sensoriais e aguçadas antenas sente se atraída à vitrine de bolos, certamente a mais convidativa.
O pouso seguido da trajetória da praga é acompanhado de perto por muitos que ali, perplexos, observam a enxerida do lado de dentro do vidro. Uma madame, mais sensível, não se contém e solta os gritos presos na garganta até então. Apontando os detalhes do que vê sobre as massas confeitadas; longo espaço percorrido pelo inseto que, em cada parada vai defecando e se esfregando num vai-e-vem nojento de patas cabeludas, ostentando asas sobrepostas deitando e rolando no adocicado e farto tabuleiro.
Logo à frente avista com seus olhos facetados um esconderijo que, a propósito, veio a calhar. Acomoda-se no acesso da entrada sob aquela fortaleza que toma como sua; depois de escorregar do alto de um bolo de casamento, “despenhadeiro” abaixo, por entre “muros” escuros rebocados de chocolates. Talvez assustada com os crescentes protestos de repulsa, finalmente, ali, a aventureira fica esconsa.
Mas, todos com os olhos fixos no confinamento, aguardam com expectativa a sua saída do lugar impróprio, onde, temendo algo inescrupuloso sobre os alimentos, ninguém tascava contra a vida daquela pequena envernizada. A freguesia a postas ao espetáculo, limitava-se convencê-la apenas com palavreados como “xô bicho”, “psiu”, “arre”... Até uma confeiteira mais destemida, saída de um reservado dos fundos, empunhando uma concha de alumínio se encorajar a forjar um ultimato contra a bendita, dona da situação. Assim, vai desbarrancando com cautela a massa envolta ao alvo, de jeito a evitar o inseticídio.
A pretensão da torcida que era levá-la dali viva, para ser esmagada em outro local, se desfaz.
Quando menos se esperava, a dita cuja resolve furar o cerco e levanta voo. Efetua uma espetacular rasante na cabeça dos deslumbrados que ali se encontram. Medrosos e sem olhar onde, foram subindo em balcões, estufas, prateleiras, mostruários, torradeira de café, refrigerador... Só depois de se sentirem seguros desceram de suas alturas e voltaram todos às atividades normais.
Sumida por alguns minutos, eis que um freguês mais tranquilo que lanchava ali sentado numa mesa de canto, recebe um safanão e retruca com um berro ao perceber a tentativa de pouso no seu prato de salgado. Acerta a mão no seu alvo, tangendo a voejante para o lado de mais movimento. Daí pouco restava para a pobre ser encurralada para o inevitável linchamento. Um pontapé certeiro daqui, outro dali e a danada ficou espremida no chão.
O destrinchamento repugnante (por sorte do dono da padaria e por que não dos demais?), aconteceu fora das guloseimas. Menos mal.
____________________________________________________________________
 Ano de 2010 partiu
Numa noite toda iluminada pelos fogos de artifício
as estrelas  dos céus recolheram-se
e as nuvens rodopiavam, refletindo suas formas
nos mares e lagoas
Agora... novo amanhecer... esperanças...
        
bjs da Rose





Noite...silêncio...tédio de viver...Vida vazia...só consigo sentir saudade...Mas, sentir saudade não resolve nada...Porque quem eu quero não pode estar aqui Onde estou sozinho, e eu sem poder estar lá Bastaria tão pouco para que eu fosse felizUma simples despedida de tudo agora Mas nem sempre se pode fazer tudo. O que queremos, ainda mais no momentoEm que desejaríamos.Minha cabeça já virou calendário Cansei de tanto contar dias, horas e até minutosPara chegar ao encontro desta felicidade separada por quilômetros.Mas quando chega este momento ele passaTão rápido, que a saudade ao invés de diminuir, intensifica.Meu Deus, até quando? Eu sei que é até algum dia Mas e este dia que não chega, cada momento que passa parece esta mais longe, já cansei de escrever cartas, cartas nunca dizem o que sentimos verdadeiramente.Queixar também não adianta.O jeito é continuar sentindo saudade,até estaSaudade virar presença.ajustar("box5")05/11/09 21:29 - GILDO OLIVEIRA
_________________________________________________
CADÊ OS CACHORROS?



                                                              
(*Conto de Mirian C. Prado)

Petrina recebeu o pacote de carne da mão do Sr. Genaro, seu patrão. Cantarolando, dirigiu-se à bancada de granito da cozinha, onde deixou o embrulho fechado. De volta 5 minutos depois, com faca amolada em punho, já se encontrava pronta para dividir os cortes do 'então' frango congelado. Mas, antes para e pensa com admiração: - Que ave grande ? Seria um avestruz? Uma ema?
Sr. Genaro, inexperiente em culinária, queria saborear o suposto frango ao molho pardo; ainda mais sabendo ser essa uma das especialidades da  sua nova cozinheira tão prendada em forno e fogão.
Atenta, a moça dá logo início aos recortes. De imediato sente dificuldade de encontrar o ganhador. Onde estaria? Aquele pedaço que tanta competição traz em meio à criançada? Prática no assunto, de cara, deu falta também do coração, e de outros miúdos que costumava receber na compra do produto lacrado.
A quantidade de ossos no corpo do animal, causava-lhe espanto. A ausência dos pés, um ponto de referência inconfundível... Tudo bem! poderia ter sido uma falha dos embaladores, mas, e a moela? Onde estaria?
Tudo muito esquisito. O certo é que Petrina não conseguia encontrar as juntas certas...na hora errada! Já que o patrão aguardava ansioso, com água na boca, aquele saboroso prato exigido, o de sua predileção.
Naquelas alturas nem precisava ser expert para saber que os ossos das pernas também eram estranhos... Eram bem mais alongados que os da suposta ave. Foi aí que, sem medo de errar, ela descobriu e falou com a patroa que não estava diante de um galináceo.
A carne foi então levada à investigação, e lá mesmo ficou depois de inspecionada. Veio o resultado onde se concluía que o material examinado não era comestível por se tratar de carne de cachorro! Carne essa oriunda de açougue duvidoso onde seus “empresários” astutos e desconfiados recebiam o dinheiro fácil dos clientes crédulos que tantas vezes eram iludidos com a falsa aparência da mercadoria .
A polícia foi então comunicada e logo que chegou ao abatedouro de onde se originou a tal carne, interditou o local; o que não poderia ser diferente, após a constatação de 60 quilos de carne de cachorros mais dois gatos congelados num freezer. No quintal também foi encontrado um velho cão vivo, triste e pronto para o abate com ferramentas que ali estavam expostas, mais parecidas com as advindas de um filme de terror.
Ademais, as imediações do tal “açougue”, já demonstravam possíveis indícios para tal atrocidade... Ali, não se viam gatos nem cachorros vadios perambulando pelas ruas como em qualquer outro lugar desse mundo. Onde estariam eles latindo e miando àquela hora? Era a pergunta que quase todos fariam...
Mal sabiam que muitos deles já haviam ido para o céu... Para o céu da boca de inocentes consumidores que até hoje, não sabiam ao certo de quem se tratava a carne que comiam.



*Conto inspirado no “Açougue de carne de cachorro em Suzano SP").


O Norte de Minas
CERCO AO MACHISMO 11/03/2010
                                                                                 
(Mirian Cavalcanti Prado)


Antes de ser emancipada, a mulher estivera às voltas com manifestos que contrariavam a sua liberdade. Egocêntricos, os homens temiam a possível chegada ao momento decisivo em que a partir de então, tivessem de enfrentar a divisão do seu lugar em potencial.


Sem voz nem vez para mostrar as suas aptidões, a figura feminina enternecida, resumia seu maior desejo no sonho de um futuro próspero, impossível de se realizar.
Era ela senão, pássaro aprisionado, enfermo e entediado. Exausta, ela decide por apelar.
Destemida vai à luta forçando uma brecha para que as suas razões pudessem adentrar. Foi assim que iluminada pela fé, nasceu uma luz na possibilidade da conquista. Finalmente.
Em princípio, a mulher teve que enfrentar resistência. Protegido pelo marketing, o homem, vociferava controverso agarrado ao seu pedestal. Pois, nunca havia antes transferido à mulher nenhum dos privilégios a ele concedido. E, até então, não conhecia razões para se mergulhar nesse tipo tão amargo de “fel”.


Com o passar do tempo o preconceito e a ignorância masculina foram sendo substituídos pela imagem do homem maleável e pelo fortalecimento do espaço por elas vencido. O homem cabisbaixo e prepotente, cede. Vê de resto o chão para nele se arrastar.


Aos poucos, o lado impossível foi sendo substituído pela possibilidade. As asas dos machistas foram sendo podadas com o mesmo cortante usado para liberar as feministas das amarras. Num ato simultâneo, ambos foram admitindo a aceitação de seus lugares.


Equiparada ao homem, a mulher trôpega se ergue e, altiva começa a desvendar o seu mistério. Cicatrizam-se as chagas profundas que vinham carcomendo as suas entranhas.
A figura feminina respira aliviada e, sem mágoas, volta-se o olhar para trás, e bem distante confronta o passado com o presente. Só assim percebe a oportunidade que lhe foi conferida.


Sem mágoas pelo fardo que carregou quer apenas avaliar algo que lhe é dado refletir. Ela, mártir de seu ideal, foi um baluarte que nos orgulha. No passado, bem que poderia ser uma de nós, ou uma de nossas avós. Desnudando os tempos idos, imaginamos o que teria acontecido com tantas outras mulheres que nos antecederam ?


Sem dúvida lutaram bravamente por nós, com vistas a um bom lugar em época propícia onde pudessem proteger seus descendentes.
Indefesa, nossa avó de antigamente, remontou no tempo seu desejo de conquistas.
Ignorada, imortalizou ao verdadeiro sentido, à história do destino que traçou. Ao observarmos o seu papel de protetora dos seus herdeiros, vemos também a dimensão do espaço que bravamente conquistou.


Decorrente da luta feminina, o homem passa a aceitar, mesmo a contragosto a sua parceria com a mulher de quem neste momento usufrui e, aprova a nova máxima admitindo-se categoricamente a definição de um grande homem ser aquele que atrás de si tem sempre uma grande mulher.
05/2009


                                     

25 anos depois


Para Maria Letícia e aqueles que torciam por ela, as vésperas de natal de 1983 ficaram marcadas de maneira especial.A falta que tanto fez a sua presença entre nós, imprescindível nas confraternizações de amigos ocultos, na ceia da meia noite, enfim, o momento difícil conforta-nos saber que foi por uma boa causa.
Depois de muita luta e de ter conquistado o seu espaço na Europa, ela integrou-se às badalações do primeiro mundo. A “Cinderela” que trazia dentro de si, é coisa do passado. Distante dos seus costumes encarna a sua história de princesa com direito a castelo, príncipe, varinha de condão e a realidade a que ostenta, muito além de uma pseuda-carruagem feita de abóbora.
Nos bulevares de Paris é onde mora com a família a metade do ano que passa afastada da Itália, o outro endereço da gloriosa amiga, daquelas que fazem suspirar os leitores de Sheldon.Conheci Maria Letícia durante um encontro religioso aqui em Montes Claros. Lembro me bem de termos nos identificado a primeira vista o suficiente para não deixar margens sobre a amizade que dali nascia.Não tive dúvida de que se tratava de jovem desenvolta cuja experiência era visivelmente maior do que os seus 18 anos pudessem permitir.
Ela passou a freqüentar a minha casa e eu a me interessar pelas suas conveniências no alcance das suas pretensões.Extremamente afável e falante e, com 1,80m estatura no quesito corpo, tinha tudo para se consolidar como queria na carreira de modelo. Além desses atributos, dotava-se de outras particularidades indispensáveis para os padrões europeus.Realçada pelo mérito dos seus dotes, rompe os limites, toma a beleza como ingresso e revela o refino da sua vez no podium das passarelas do outro lado do mundo.
Corajosa, afeita a transpor barreira, nada lhe custaria ultrapassar fronteiras e deparar com uma inusitada realidade. Talvez a ousadia que lhe era peculiar tenha contribuído a sua chegada sem delongas às portas daquele tão esperado dia em que Sairia do Brasil num vôo de São Paulo/Europa dando início à tão sonhada missão.A sua obsessiva tendência em desfilar modelos, ao que tudo indica, pode ter se saído aos pais prendados em confecções. Vinda do nordeste, certamente num pau- de- arara, a família chega feliz em chão norte-mineiro e sem demora começa a explorar aquele campo que julga propício e lucrativo.Maria Letícia sofreu no passado tudo que as personagens Sheldonianas padecem antes de triunfar: a tibieza dos rapazes bonitões, o desdém das colegas imponentes do Colégio Imaculada onde ajudava na faxina em troca da gratuidade dos estudos, sem contar com o descrédito de consultores da moda quando confessava, por exemplo, a pretensão de desfilar modismos nas passarelas de fama.
Completar 19 anos para ela significava o último reduto para que pudesse emplacar os seus ideais. Mas como sabia que a fé é capaz de promover milagres, com ela não foi diferente.Em tempo hábil tudo foi se encaminhando dentro dos conformes.Junto ao passaporte que traduzia um caminho cheio de expectativa de sucesso, veio a sensação de vazio entre nós seus amigos. Até a sua ida, foram muitas as comemorações de despedidas.Cinco... Dez... 25 anos voaram.Com esse fazer brincante, lá se foi um quarto de século.
A ausência da companheira emblemática foi sendo amenizada pela esperança de tão logo revê-la, ainda que tardia.O desfecho desta trajetória veio culminar com a grata surpresa ao visualizar uma longa mensagem no meu e-mail. .O estilo refinado e culto dos dizeres da amiga, hoje também escritora, começa por referir o meu endereço como um grande achado da sua vida. Ao silêncio atribuía uma falta irreparável e desnecessária ao nosso convívio. Seguido de agradecimento pela força que nela fortaleci, não esquecia da minha vontade de ver seu sonho concretizado e de ter contribuído sobremaneira para que tudo se fluísse a contento.Enfim na sua modéstia tão peculiar, fala em belíssimas palavras do seu reconhecimento: “... A sua dedicação tão amiga é imensurável. A minha separação impreterível se ressalva pelas recomendações de suas preces. Pois, você é alguém com quem pude contar naqueles momentos instáveis da minha vida...”
Mesmo não podendo negar o que o destino já lhe havia conferido, minha amiga confirma o óbvio com restrição. Explica com seu modo simples de sempre que não deu o pulo do gato através dos grandes contratos de publicidade como das empresas de cosméticos ou perfumes que transformaram de verdade suas colegas mais famosas. Com entusiasmo ressalta a intimidade, do seu feliz consórcio e fruto deste: “... Estarei no Rio muito em breve, levando comigo o meu querido esposo Laurent e meu filho Henry gostaria de vê-la e apresentar para você o que melhor aqui conquistei...”.Em outro parágrafo expressa com simpatia, em rebuscadas palavras, o sentimento muito mais vivo que ainda nutre por mim. Pelo que dela sei, evidencia um sentido inesquecível e duradouro atribuindo-me a uma espécie de sua fada madrinha no cenário dos encantos conquistados.
Hoje, depois da obrigação cumprida faz uma mea culpa pelo tempo interrompido dizendo estar muito mais tranqüila e disponível a dedicar toda a atenção da qual se dispõe.“... Realizei profissionalmente, mas, sinto não ter cumprido ainda a minha missão precisa. Agora mais propicia venho resgatar o contato amistoso que das minhas raízes brotaram. Agradeço a Deus por tê-la colocado no meu caminho; você é uma referência positiva que tenho de amizade. Quero por assim dizer que esses laços existentes entre nós tiveram princípio e, não foi por acaso que você me possibilitou desviar tantas vezes dos caminhos equivocados...”
Obrigada, amiga Maria Letícia pela expressão de gratidão e amizade que no seu íntimo traduz. Que seu exemplo de vida sirva de lição para quem não acredita em sentimento de afetividade conservando no pensamento sempre, o amigo certo.Aliás, orgulho-me quando penso que assisti todos os meus amigos mais queridos tornarem-se de alguma forma realizados, porque o sentimento que julgo se unir ao outro com sinceridade, é aquele que se sente compensado com a conquista do outro.As verdadeiras intenções se caracterizam como sendo de um velho conhecido com quem podemos ser nos mesmos e a quem dedicamos nosso afeto sem restrições, sem expectativa de retorno.
Postado por Mirian C. Prado às 11:16

1 comentários:

Maria Letícia disse...
Obrigada Mírian, mais uma vez agadeço pela atenção amiga que sempre me dispensou.Dia 20 estarei enviando o livro de biografia.Conforme e-mail de22 de fevereiro passado.Bjos.Letícia


O assassinato da Língua Portuguesa          
Assassinaram a Língua Portuguesa. Pelo menos era isso que se desconfiava quando a polícia fora chamada por uma de suas amigas íntimas, a Literatura, assim que esta encontrou o corpo estirado no chão de sua própria casa.Chegando ao local do crime, foram direto examinar o defunto que estava em péssimo estado, mesmo tendo morrido há tão pouco tempo. Resolveram iniciar as investigações imediatamente, com interrogatórios, começando com a própria Sra. Literatura.Ela, metodicamente, insinuou que existiam muitos suspeitos e por solicitação do detetive encarregado do caso, indicou alguns nomes.A primeira a falar foi a Hipérbole. Chegou gesticulando muito e quase aos berros, foi sala adentro, dizendo ter um álibi, o Sr. Eufemismo que por sua vez confirmou a história da interrogada anterior, não sem antes colocar panos quentes na situação, amenizando a situação com termos mais agradáveis.A Metáfora foi a seguinte. Passou o depoimento inteiro comparando e colocando as coisas no sentido figurado em relação à Língua Portuguesa.A antítese, próxima da lista, quase enlouqueceu o detetive, contradizendo-se a cada instante.Trágico foi o depoimento da onomatopéia, fez todos os sons possíveis desde o acordar da vítima até seu último suspiro, afirmou ela que isso não passava de imaginação e que não sabia o que havia acontecido.A Apóstrofe, sempre polêmica, ficou o tempo todo invocando todos os tipos de entidades possíveis para garantir-lhe a inocência.Seguiu-se com o relato da Catacrese, que até tentava, mas não conseguia expor com exatidão suas idéias e lembranças do que ocorrera, substituindo sempre por expressões não muito apropriadas. Isso confundiu ainda mais o detetive que pediu um tempo para raciocinar.Após a pausa foi a vez do Disfemismo. O detetive arrependeu-se de escutar todos aqueles palavreados chulos e sarcásticos expelidos por ele e que não ajudaram em nada.A Ironia, não queria saber de colaborar, não porque não queria, mas sim porque fazia parte de sua natureza.E mais suspeitos foram ouvidos, entre eles a Metonímia, o Paradoxo, a Perífrase, o Sarcasmo, a Elípse e o Pleonasmo, cada qual com sua personalidade e seu relato.O detetive, mesmo após ter ouvido tantos suspeitos, não via um motivo sequer para que algum deles viesse a cometer tal crime.Lia, relia e lembrava de cada um e não achava um assassino em potencial, até porque todos conviviam harmoniosamente com a vítima. Não satisfeito mandou chamar novamente a Literatura.A nobre senhora, já de idade avançada, porém ainda viva, relatou tudo novamente, como havia encontrado o corpo, o que houvera acontecido no dia anterior. Quanto mais ela falava mais o detetive ficava convencido que não havia um assassino.Horas depois, o detetive pediu para que todos estivessem reunidos na casa da Literatura para que ele desse o motivo pelo qual morreu a Língua Portuguesa. E lá estavam todos, suspeitos e não suspeitos quando foi iniciado o relato da autoridade:- A Língua Portuguesa não foi assassinada por nenhum de vocês, não diretamente! – Iniciou o detetive, seguido de várias interjeições de surpresa. -Sim, a Língüa Portuguesa morreu de solidão. Abandono por assim dizer. - continuou ele em monólogo, seguido de mais espanto.-A Língua Portuguesa estava acostumada a ser visitada por todos vocês aqui presente, desde as figuras de linguagem até as concordâncias. E com o passar tempo, passaram a freqüentá-la cada vez menos, até o abandono total. E digo mais, se isto continuar, vai acontecer o mesmo com a Literatura. – falou, olhando tenramente para a doce anfitriã.Depois que refletiram bastante sobre o acontecido, saíram da casa da velha Literatura com a promessa de voltarem sempre e dedicarem-se a recuperar a Língua portuguesa, pois uma língua não desaparece por completo, por mais que a assassinem.
Luck Siqueira 
BILHETE DEIXADO PELO FILHO... UM FINAL FELIZ !!!

O pai entra no quarto do filho e vê um bilhete em cima da cama. Ele lê o bilhete temendo o pior: 

Caro Papai, é com grande pesar que lhe informo que eu estou fugindo com meu novo namorado, Juan, um Argentino muito lindo que conheci. Estou apaixonado por ele.. Ele é muito gato, com todos aqueles 'piercings', tatuagens e aquela super moto BMW que tem. Mas não é só po...r isso, descobri que não gosto de jeito nenhum de mulheres e, como sei que o senhor não vai consentir com isso,decidimos fugir e ser muito felizes no seu 'trailer'.

Ele quer adotar filhos comigo, e isso foi tudo que eu sempre quis para mim. Aprendi com ele que maconha é ótima, uma coisa natural, que não faz mal a ninguém, e ele garante que no nosso pequeno lar não vai faltar marijuana. Juan acha que eu, nossos filhos adotivos e os seus colegas 'gays' vamos viver em perfeita harmonia. 

Não se preocupe papai, eu já sei me cuidar, apesar dos meus 15 anos já tive várias experiências com outros caras e tenho certeza que Juan é o homem da minha vida. 
Um dia eu volto, para que o senhor e a mamãe conheçam os nossos filhos. Um grande abraço e até algum dia. 
De seu filho, com amor.' 

O pai quase desmaiando continua lendo. 
PS: Pai, não se assuste, é tudo mentira!!! 
Estou na casa da Priscila, nossa vizinha gostosa. 
Só queria mostrar pro senhor que existem coisas muito piores do que as notas vermelhas do meu boletim, que está na primeira gaveta. 
Abraços, 
Seu filho, burro, mas machoooooooooo!

25 de out de 2009

ASSALTANTE AO BISTURI ARMADO



Acredite se quiser.Em Jundiai interior de São Paulo, o médico Newton Neri Souza, 65 anos, que substituía colegas em férias no atendimento do SUS, foi preso em flagrante depois de ficar comprovado que ele foi o principal batedor da carteira do paciente Christian Silva, no momento da consulta.

Christian estava com forte dor na coluna e o médico aproveitou da situação. Mandou-o deitar de costas e, para despistar, começou examinando da unha do pé até a altura lombar., justamente onde o doutor queria chegar.

Enquanto o paciente retorcia de dor,ele deu uma de malabarista em pele de curador, mas na verdade era uma cobra que aplicava o bote certeiro. Zás... o diagnóstico era a dor da perda de quem trabalhou um mês como metalúrgico para ter os R$ 177,00 surrupiados. Teve a carteira jogada só com os documentos numa área pertencente ao hospital.

Mas, como quem tudo quer , tudo perde, o prejuízo falou mais alto para o médico- lalau que além de devolver a pouca grana que não era dele, teve que desembolsar, muito mais, R$ 10 mil reais de fiança só pelo prazer de apropriar do alheio.

AGUARDEM MUDANÇA CONSIDERÁVEL NESTE BLOG !!!!!!!!!!!!!!!! COMO SERIA? OPINEM-SE.

É de suma importância a sua prestimosa avaliação para o bom desempenho desse blog.Caso venha partilhar dos nossos propósitos, agradecemos penhoradamente.
À Direção-

22 de out de 2009

DIZ-QUE-DIZ NA POLÍTICA

ALTA EM CEMITÉRIO
Quem pensa que as obrigações se limitam no aluguel e impostos engana-se.Tem outra modalidade de obrigação de moradia. Até o dia 30 de dezembro de 2009, parentes de sepultados em cemitério de Belo Horizonte está cobrando a taxa de conservação muito além do previsto.A partir da capital, outras cidades brasileiras se espelham na medida. Que fiquem alertas antes que chegue na sua cidade a covardia de levar de quem já foi; cortemh logo pela raiz a descabida pretensão.

HORÁRIO DE VERÃO

A maioria dos brasileiros está certa em não concordar com o horário de verão. A tal economia que os entendidos dizem ser 4,4 % no consumo de energia do país é insignificante diante dos transtornos que vem ocasionando, principalmente aos idosos, bem como às crianças que têm de levantarem-se escuro para irem às aulas...
REBOLIÇO DO RIO

O clima tenso do Rio de Janeiro causa preocupação.Temidos comandantes de facções terroristas já se encontram atrás das grades nos chamados presídios de segurança máxima.Enquanto outros substitutos já estão aptos a manterem o mesmo ritmo dos seus chefões.
O ministro da justiça, que deveria estar na linha de frente da questão, parece mais preocupado com sua campanha presidencial de 2010 ao Governo do Rio Grande do Sul.

CRUZ CREDO!!!

Vimos pela tv, em horário nobre, o Exército dos Estados Unidos da América treinando milhares de jovens militares que serão enviados ao Iraque prontos para matar.Mais de 6 mil já morreram torturados, outros com sequelas voltam para casa.Parece que atrair a semelhança do velho Sadãn é importante na missão de fabricar gentes perigosas do temido porte.

16 de out de 2009

GAROTO QUE ESTARIA EM BALÃO CAUSA REBOLIÇO


O menino Falcon Heene – 6 anos de idade -, morador em Fort Collins (EUA), gostava de peripécias tanto quanto seus pais Richard e Mayumi Heene.E não era prá menos ter sido julgado como eles nesse particular.Aventureiros e obsessivos por pesquisas científicas, os dois eram cientistas amadores que se dedicavam a procurar por alienígenas e pesquisar sobre tempestades. O artefato conservado amarrado no canto do quintal da casa da família era acionado para colher dados durante uma tempestade.
Certo dia, sem que ninguém soubesse como, o balão foi visto decolando velozmente. O filho mais velho dos Heenes não percebendo a presença de Falcon, tratou de associar a idéia de que o menino travesso, estaria indo na engenhoca pelos ares.
O mundo inteiro parou em frente à tv procurando uma resposta para o possível resgate da criança à deriva, ainda com vida.
Muitas especulações em torno do caso de pessoas que teriam visto algo caindo de dentro do balão.
A Guarda Nacional enviou um potente helicóptero militar OH-58 Kiowa para o resgate, e outra aeronave já se prontificava para decolar e lançar um cabo para capturar o balão. Pilotos de Ultraleves também foram acionados; eles tentariam jogar peso sobre o balão, para fazê-lo perder altitude que já ia a mais de 3 mil metros, segundo a polícia.
A geringonça já havia voado de Fort Collins a Keenesburgo quando caíra sem nenhum vestígio no equipamento que pudesse comprovar ali, a permanência da criança.
Enquanto o mundo inteiro se desesperava na captura de um balão e o garoto com vida, no sótão da casa dos Heenes, tranqüilo, dentro de uma caixa de papelão, Falcon dormia sonhanho com aquela aventura que na verdade gostaria tanto de protagonizar!..

15 de out de 2009

O PEQUENO GÊNIO TEM QI IGUAL AO DE EINSTEIN



O pequeno Oscar Wrigley, que mora com seus pais na cidade de Reading, a 40 km de Londres, é o mais novo gênio descoberto pelos testes de avaliações de QI (coeficiente de inteligência), uma pontuação equivalente à dos físicos Albert Einstein e Stephen Hawking.

Os testes na sua especificidade comprovaram que o garoto de 2 anos e cinco meses, faz parte dos 2%da população com QI mais alto.Encaminhado a fazer parte da Mensa, a sociedade que reúne pessoas com QIs assim graduados, deixa Joe Wriglay, o pai da criança, convencido de poder contar com ajuda de outros membros pela igualdade de situação.


Em entrevista,Hannan,a mãe do pequeno Oscar,disse que,em princípio, pensou que seu filho era apenas "uma criança muito inteligente", mas que, aos 18 meses,ele se revelou superior aos garotos da sua idade.
Já conhecia aproximadamente 600 palavras, enquanto que o normal é 20.
Por não se enquadrar na idade limite para a alfabetização,Oscar está sendo acompanhado em casa por psicólogos.

14 de out de 2009

UM HOMEM SE CASA COM 4 NOIVAS AO MESMO TEMPO




(Cultura)
Talvez de todas, seja esta a forma de união que denota,a maior expressão de machismo sobre a terra.
Tudo aconteceu na província de Kwazulu- Natal leste da África do Sul onde também moram os personagens da história.
Quatro donzelas africanas se casam na mesma hora. E pasmem, juntas, vestidas de noiva, com um mesmo homem.Certamente, ali, se mordendo de ciúmes uma ao lado da outra, aceita o desafio. Movida por algo de interesse mais forte, investe em fazer a diferença na conquista do ego do machão.
Perante ao altar e o público curioso, o homem não pode jurar fidelidade; o próprio cenário explica essa impossibilidade.Mas, as quatro e mais uma que assiste,juram respeito até que a morte os separem daquele grupo.
A primeira,se submete à humilhação e dissabor quando assiste calada ser trocada, no ato solene, por quatro mais jovens do que ela.Cabisbaixa, o que ela tem mais do que as outras, por lei,é o fato de ser a única reconhecida legalmente.As outras vão ser usadas e abusadas depois de compradas pelo polígamo por 33 vacas em "ilobolo" palavra que designa a quantia desembolsada por noiva.
O empresário Sul -Africano Milton Mbele , o dito cujo de 44 anos, de etnia zulu é o noivo a quem (conforme a lei daquela parte da província), é permitido poligamia.
Ele atraiu para o seu harém a grata satisfação do seu ego.
Nos trajes das moças permite-se mostrarem o seio ou outras partes provocantes, na certeza de competirem-se muito bem.
Que venham quantas forem as africanas a exemplo das quatro da vez: Thobile,Zenele,Bacunisile e Smagele.
É de gosto que o grupo se case com o "gostosão"?
Sim, diz prontamente o coro ao celebrante. Mesmo se choram por dentro ante aquela confirmação,o que não falta aos olhos dos outros, é cada uma, com sua expressão de sorriso, largo, de felicidade!!!

HORÁRIO NOVO À VISTA !!!!!!!!!!!!!!!


NO PRÓXIMO DIA 18, A ZERO HORA, RECOMEÇA O HORÁRIO DE VERÃO QUANDO OS RELÓGIOS DEVERÃO SER ADIANTADOS EM UMA HORA NAS REGIÕES SUL, SUDESTE E CENTRO-OESTE DO BRASIL.

O PRAZO LIMITE PRECEITUADO É A CONTAR 126 DIAS ATÉ A MEIA-NOITE DE 20 DE FEVEREIRO DE 2010, QUANDO O HORÁRIO EMPRESTADO FINDARÁ.

ALERTAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!


UMA EM UM MILHÃO

Quem pensa que a manobra de veículos num estacionamento privé de supermercado está segura,fique atento.É difícil acontecer algum imprevisto mais não está descartado.
Na cidade de Crato, no Ceará, um comerciante foi arrancar seu fiat 147, depois de fazer a feira em supermercado local e, qual não foi a coincidência.Um baita colisão com um gol que chegava com seu condutor procurando estacionamento. Bateu na lateral do Fiat que apontava para dar partida para a saída.O correto seria apenas cruzarem -se sem que nenhuma possibilidade de tirar um fino fosse aventada.
A trombada resultou em algumas escoriações no dono do gol e,quanto a lataria,de ambos os carros foram amassadas.Nenhum dos dois condutores estava bêbado e, cada qual portava sua respectiva habilitação legal.Quando tem que acontecer...
-------------------------
A OCASIÃO FAZ O LADRÃO

Um ladrão foi flagrado e levado preso, em vila nova d'oeste,no interior de uma residência de cujo proprietário pede sigilo da sua identidade.
Interpelado sobre o fato,o marginal justificou que a facilidade de adentrar na casa, foi motivada porque encontrou a porta apenas semi- cerrada.Isso fez com que ele despertasse e não deixasse passar despercebida aquela oportunidade.
"Vale a pena conferir as trancas das portas antes de se recolherem".Alertou o bandido, na delegacia de polícia, durante a interrogação.

--------------------
LAPSOS CONFERIDOS QUE FAZEM GRANDES DIFERENÇAS

A professora Maria Eny Moraes, morava na cidade de Mariana no ano passado quando aconteceu o fato a seguir:
Ela havia dado um aparelho celular que estava no nome dela para a sobrinha sobre quem todo mês passava o dinheiro da conta para a tia. Depois, ela mudou de plano, transferiu o aparelho de celular para o nome dela,(a sobrinha), mas restou uma conta. Ela recebeu uma correspondência da operadora umas duas vezes falando de um débito, mas não associou ao aparelho da parente, pensou se tratar do dela próprio e,como já havia pago a conta, jogava a carta fora.
Só deu fé do lapso quando foi comprar um carro na concessionária e estava com o nome no Serasa.

MAIS LAPSOS
Há também casos de cartões bloqueados pelo simples fato de ignorar R$ 0,3 centavos (no pagamento do valor mínimo do cartão)e, não tendo dado muita importância a cobrança recebida, que, de tão mínima, nem o papel pagava.
Há ainda,casos comuns de correntistas se esquecerem de encerrar uma conta e simplesmente deixar de movimentá-la e acreditar que foi encerrada automaticamente.
Tais situações são muito mais comuns do que se imagina. Portanto, deem-se as devidas atenções a taxas minúsculas que podem multiplicar a ponto de colocar o endividado em situações bastates constrangedoras.

9 de out de 2009

BEBÊ DE SETE VIDAS, DEPOIS DE NASCER EM PRIVADA DE TREM, SOBREVIVE A OUTROS OBSTÁCULOS


Em véspera do nascimento do seu filho, Rinku Devi Raj (28 anos),junta-se ao marido e filha de 4 anos e pegam o trem em Nagar, onde residiam,com destino a Chapra, leste da India,na cidade na qual moravam os pais de Rinku, na intenção de dar à luz mais tranquilamente.
Em meio ao sacolejo do comboio e viagem demorada, Rinku resolve ir ao banheiro na tentativa de aliviar as fortes dores abdominais que estava sentindo.
Sentada no vaso, jamais poderia prever o que aconteceu. Ali mesmo, deu à luz a um menino.
O pior,é que a criança escapoliu pelo buraco do vaso sanitário, caindo em meio aos trilhos do trem.
Ainda em trabalho de parto, a parturiente pulou do veículo em movimento.A impressão que se dava era de possível suicídio.
Todos desesperados procuravam pela mulher com dificuldade, já que o trem só conseguiu parar 2 quilômetros depois.

Como que por milagre, a mulher e recém -nascido foram encontrados com vida.Ela,assentada as margens dos trilhos, trazendo no colo o bebê que sobreviveu as intempéries, sem ao menos um ferimento. A mãe, com alguns arranhões espalhados pelo corpo.
E pasmem, como se nada houvesse acontecido.

(Fonte Indian Express)

7 de out de 2009

DIZ QUE DIZ

As notícias que constam dessa e de outras postagens aqui veiculadas, são meras interpretações.Traduzidas em nossas palavras têm os mesmos significados de originais com os quais são confrontadas à luz de fontes julgadas confiáveis.
-------------------------------------------------------------------------------------


DA NECESSIDADE DE CRESCER O NARIZ

É praxe véspera de eleições, candidatos se justificarem com outro tipo de competição : "quem mente mais?"
Serra disse que o seguro desemprego foi criado pelo PSDB no Governo FH.Na verdade a criação do bem-vindo seguro,deu-se em 1986, durante a vigência do Plano Cruzado. Portanto, no Governo Sarney.
Já Aécio disse que em seu governo ampliou a educação básica de oito para nove anos. Na verdade, ele incorporou a pré- escola, à educação básica.
Todos querem dar à luz alguma coisa de destaque para aparecerem. E por que não fazem jús para não incorrerem no risco de pleitearem um papel de "Pinochio"?

O BRASIL TEM QUE SER MÁGICO


Depois de assumir a responsabilidade de sediar as duas maiores competições esportivas do mundo,o Brasil agora precisa ser mágico.Mais do que nunca,se faz importante trabalhar com discernimento para fazer bonito na Copa, nas Olimpíadas sem deixar de cumprir para com o cidadão, todos os seus direitos básicos.



BARACK OBAMA GANHA O PRÊMIO NOBEL DA PAZ -2009-

Pelo impacto que teve na política internacional e pelos esforços na questão das armas nucleares,Barack Obama faz por merecer o Prêmio Nobel da Paz que lhe foi atribuido. Que esse poder seja um estímulo para reverter no fim a Guerra no Afeganistão.

CORTANDO O MAL

A OMS pede vacinação em massa contra a gripe H1N1, na terça-feira.Considera essa
conscientização da população como o mais importante instrumento de combate a pandemia.

LULA ESTÁ VOANDO

O presidente Lula está mesmo no mundo da lua.Diz muito pouco quanto a situação de Hugo Chávez, Evo Morales, Zelaya, Sarney e o famigerado MST que só serve mesmo para praticar desordens; a exemplo do recente arraso que fez na Fazenda Cutrale, em São Paulo.Será que o fato de o presidente só viver literalmente voando é razão para
tantas omissões?

POVO EXIGENTE


Com mais de 1,3 milhão de assinaturas para criar a lei da "ficha limpa", foram os abaixo-assinados que o presidente da Câmara Federal recebeu do povo. A pretensão visa candidatos irretocáveis, sem mácula, a cargos eletivos.Toda essa iniciativa é para que se crie, ainda, a lei que só depende da vontade dos parlamentares, àqueles sobre quem o próprio povo apostou em sua defesa.


DEPOIS DE VER A COISA FEIA...

Dilma Rousseff está vendo que a coisa não é tão fácil como parecia.Quer que a base do governo tenha candidatura única.È fácil...

AS OLIMPÍADAS NO RIO

Não é agora, tem muita água, ainda, pra passar debaixo da ponte. Mas, Já tem gente reservando hotel no Leblon.

URRA!!!!!!

Somando subsídio fixo e aposentadorias, alguns parlamentares ganham acima do teto federal.
NOSSA!!!!!!!!!

CONTRAPONTO


Somando a falta de emprego e a miséria, os ocupantes da favela do lixão, não ganham para comprar nem um quilo de feijão.

DILMA APELA

Ruim de voto no Rio de Janeiro,Dilma monta barraco na porta da Assembleia de Deus, onde durante um culto encontra-se com Garotinho.O diálogo foi rápido mas de muita expectativa vindoura.

EX-PREFEITA GULOSA

Ciro Gomes corre do Ceará para São Paulo, onde trabalha seu domicílio eleitoral, com vistas a concorrer a Presidência da República. Marta Suplicy temendo a invasão do seu campo, diz que ele não teria nada a ver com São Paulo. Será que esqueceu que ele nasceu em Pindamonhangaba???

QUANTA DISPARIDADE!!!!!!!!!

...Aliás, aquele conhecido presidente do Senado recebe mensalmente, no mínimo, R$ 52 mil dos cofres públicos.



CPI COM OU SEM MANOBRA ?

A oposição vai recolher assinaturas de deputados e senadores, para investigar repasses financeiros do Governo para o (MST).
Dependendo de quem serão os tais assinantes, será a seriedade da coisa!!!!!!!!!!!

SEM-TERRAS IMPOSSÍVEIS -I -


Integrantes do (MST),vivem devastando plantações que levam uma vida inteira para crescerem e chegarem no ponto de proteger o meio ambiente contra os seus próprios malefícios.Tudo tem acontecido sem nenhum puxão de orelha e, sem que haja ninguém para podá-los contra a destruição.
Tem mesmo que mandar olhar isso.Pela quantidade mínima de voto que representam, puxassaquismo, então, não poderia ser. Será?
Aliás, quem estaria financiando essas invasões?


SEM-TERRAS IMPOSSÍVEIS -II-

FEIJÃO OU LARANJA?

O MST derrubou 7 mil pés de laranja de uma fazenda produtiva, segundo consta, legalizada, sob a alegação de que é para plantar feijão.Tudo indica que esse pessoal tem mesmo a proteção do governo. O INCRA diz que já requereu judicialmente desapropriação daquela fazenda.Mas ela não é produtiva? por que não invadem terras desolutas? O que é que o governo diz ? Cadê o governo?
Vale a pena jogar por terra tantos pés de laranja para começar um longo processo do plantio de feijão? Por que o governo não dá jeito nesses baderneiros??



BRINCADEIRA DE MAU GOSTO

Notícias vazadas de fonte segura dão conta de o vírus da gripe suína ter sido criado em laboratório, como tentativa de extermínio da população humana por parte de pequena elite mundial.
Se for verdade,a brincadeira é de pessoas suicidas que merecem pagar um preço alto pela invenção macabra.

5 de out de 2009

DOIS PRÁ LÁ, DOIS PRÁ CÁ...


(História da PM fardada que dançou com o cantor Daniel e, dançou... )

Tudo começou quando a soldado Andreia foi destacada para fazer a segurança do show do cantor Daniel em Paraguaçu paulista no interior de São Paulo.

A agente era quem, deveria zelar para que não houvesse, naquele evento, qualquer desvio de conduta. Mas, o que era para ser evitado contra os outros,recaiu na própria imagem, a coragem de violar a norma de conduta tão defendida por ela.
O cenário se tornou "caliente", alvo de curiosos que seguiam os passos com olhares de recriminação contra a moça. Foi inesperado o momento que foi levada pelo braço do ídolo para um show de dança à parte, bem no miolo do palco.

Na opinião da maioria dos presentes,tratava-se de algo errado e constrangedor assistir uma profissional pública no rigor da militância; casada com pastor e com 14 anos de corporação. De arma e cassetete na cintura, Andreia fez como Vanusa, cometeu uma afronta à pátria amada,enquanto trocava a letra, já assassinada por Vanusa, pelos embalos da letra sertaneja.

A PM que se atracou com o cantor, num gingado só, deixa de lado o patriotismo. A descontração e veneração falaram mais alto.Se saíu da linha, não lhe importa. Afinal de contas, errar é humano. Sem perder o rebolado para o ídolo e sem a preocupação de saber-se fora-da-lei, naquela hora,preferia "pagar o mico" a cumprir as ordens da corporação.

Num dado momento,disse a Daniel que "poderia ser presa", pelo feito.E, para amenizar a ocorrência, disse que foi no camarim levar uma bíblia de presente para o cantor.
Daniel se desculpa junto ao público depois de, num ato de brincadeira, ter feito sinal de quem estava sendo algemado.

A certeza do que os jornais, em comum, deduziram,é que,Andreia, por um bom tempo, se empolgou e se esbaldou. Dançou... Dançou...literalmente. Mas,também dançou na boca do povo.

4 de out de 2009

NOVIDADISMO



(Informe oportuno da leitora Carmem Amarilis)

Até o fim do ano, a Infovias ( Subsidiárias de Telecomunicações da CEMIG), começará a ser testada em Nova Lima -MG a Internet via rede elétrica.
Os referidos testes comerciais de uso da net, acontecem no bairro Jardim Canadá, da citada cidade. A expectativa inicial, em caráter experimental, é atender cerca de 300usuários.
O início dos experimentos,vai depender da abertura e da conclusão da licitação para a compra de modens PLC, que funcionam como intermediários entre a rede elétrica e as residências onde a internet será testada.
O último teste com o PLC foi feito em 2000, em caráter não comercial, ou seja, sem cobrança de tarifa, e teve duração de um ano. Helmut Riegg, engenheiro de telecomunicações da Cemig, explica que, uma vez ligado na tomada, normalmente, o modem se transforma num ponto de rede.
Por que será que não mantiveram a invenção?

1 de out de 2009

ÚLTIMAS EM RESUIMO -




NÃO MERECE PARABÉNS
Quase 60 anos de vida pública dos quais 33 passados no senado, o presidente da casa, José Sarney (PMDB-AP),não merece nossos "parabéns".Pois, o que restou de tudo isso foi tomar a casa como sua.Filhos netos namorados dos netos é uma constante que habitualmente faz à festa e não dá em nada mesmo.

MELHOR VER O SOL QUADRADO...
Minas vai integrar,a partir das próximas eleições o pequeno grupo de estados brasileiros que vai garantir ao "preso" o direito de votar. O encarcerado que já goza de boa alimentação,banho de sol e, agora o direito de votar? Daqui a pouco as coisas podem estar invertendo.A pena imposta será amargar o próprio lar arcando com as obrigações. Em outras palavras, todos vão brigar por um lugar no xilindró.

QUANDO LULA QUER...

Junto ao senado, Lula expõe à votação o advogado José Antônio Dias Toffoli (Advocacia Geral da União),a ocupar uma vaga de ministro no STF.
O currículo do advogado-geral-não cita o fato de ele ter sido advogado do presidente na disputa eleitoral de 1998, 2002 e 2006 nem compromete o fato de ele ter sido reprovado em dois concursos públicos e de ter que estudar mais.A votação secreta para eleger o velho amigo de outros carnavais,denota que depois de tanto furdúncio, infelizmente, ainda há segredo no senado.

UM A ZERO

A Biblioteca Municipal Murilo Mendes recebeu publicações em braile de obras editadas pela Secretaria especial de Editoração e Publicações do Senado Federal.
Quem sabe se com isso eles possam estar enxergando a lógica das coisas? Se for...
Um a zero pró-senado.


LULA JUSTIFICA SER O CARA, COMO DIZ O "HOMÃO"

Após a decisão no Comitê Olímpico Internacional de escolher o Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016, Lula chorou emocionado pela escolha do Brasil.
"Senti orgulho de ser brasileiro, o povo merece".Disse.
Orgulhoso,como disse, não se sabe se ele se emocionou de fato pela conquista do pobre povo de sua terra,ou se pelos parabéns na voz de ouro do chefe de rica nação, Obama.

PARA QUE SERVE MESMO O SENADO?

Para quem não sabe,o Senado brasileiro é considerado, hoje,um dos mais modernos do mundo.Tanta suntuosidade deixa antever a fortuna que dos seus cofres é jorrada dia-a-dia.
Se dela o Brasil tirasse proveito,não conheceríamos miséria alguma.
Imaginem vocês desde 1826 a existência do senado? Com todo sigilo a que detém, volta e meia são deixadas vazar significativas corrupções.
Quanto dali não deve ter sido surrupiado? São tantas as brigas de quem está de fora para entrar no senado! Aliás, a briga maior é de quem já está dentro, para se manter ali agarrado na sua fértil teta. É o exemplo de mãe verdadeira a fornecer o leite para todos os filhos da casa: São 81 senadores, tendo como chefe (ditador), sarney ex-Presidente da República, 1 ex-vice Presidente da República, Marcos Maciel, 30 ex-governadores...
Todos eles ali, entrincheirados, numa espécie de prêmio maior de consolação aos desmamados; e estes, se perpetuam com suas votações duvidosas e seus afilhados fantasmas que não servem para nada, senão para deixarem tanto dinheiro ir embora pelo ralo da corrupção.

CARA DE PAU
Pelo visto, nada foi inibido depois que nem os fortes ventos conseguiram arrancar o homem do senado.
Hoje, dia 6/10 Sarney defende a regulamentação da lei que impede a prática do chamado salário duplex - (quando o subsídio que o parlamentar recebe soma-se com a aposentadoria em orgãos públicos no estado).
O valor, normalmente, ultrapassa o teto de acordo com o previsto pela Constituição que tem por base o salário de um ministro do STF.
Adivinhem se o próprio Sarney se enquadra nessa categoria ? Pois, recebe aposentadoria como ex-funcionário do TJ - Maranhão- e de subsídio na condição de senador.