Páginas

14 de abr de 2013

TEMPESTADE SOLAR DE ONTEM _ QUAL É O RISCO ?




Muitos dizem que o calor escaldante do sol, as constantes ameaças de quedas de asteroides sobre a terra, mudanças climáticas e outras alterações da natureza têm sido motivo para justificar o fim dos tempos.

No passado, diversos fenômenos recorrentes, agora se repetem com maior intensidade como as explosões solares. Conforme a NASA previu ocorreu no último dia 13/04 a tempestade solar geomagnética, de forte intensidade com  risco iminente a afetar sistemas de telecomunicações como tv, internet e energia elétrica bem como a possibilidade de prejuízo 20 vezes maiores do que os causados pelo furacão katrina (EUA) em 2005.
Acontece que a NASA captou explosões na coroa solar que emitiram no espaço jatos com bilhões de partículas que partiram em direção à terra. Podendo ou não acarretar estragos significativos nas linhas de energia elétrica e de telecomunicações da terra.
O perigo existe desde quando a explosão se lança em direção da terra em movimento e alcance-a em maiores proporções. Uma vez que o sol é bem maior do que a terra que se acha protegida por campo magnético não é muito fácil tal assertiva. A tendência da penetração das partículas é bem  mais propícia pela região dos pólos e países situados em sua área de influência. Parte da América do Norte e Europa correm mais riscos.
Logo, não existe possibilidade de que uma explosão solar, por mais intensa que seja, atinja todo o planeta.

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. O Com todas as letras do abc não se responsabiliza pelo conteúdo das páginas de seus parceiros e anunciantes.

Um comentário: