Páginas

23 de jun de 2010

A VEZ DA CASSAÇÃO DA DEPUTADA DO DINHEIRO NA BOLSA



Depois de muito se falar do dinheiro na cueca, na meia e em outras formas de esconderijos, tendo em todas modalidades um único meio de receber a gorjeta, a mão, de quem não escapa à corrupção. Aliás, fatos esses, em comum, comprovados por filmagem que diz tudo de retratos tão falados em nossos dias.
A mais nova estampada pelos jornais é a da bolsa da Deputada Eurídice Britto do PMDB, cassada pela Câmara Legislativa por 16 a 3 acusada de quebra de decoro parlamentar. Isso, depois da filmagem que a expõe em vídeo recebendo dinheiro das mãos do delator do mensalão Durval Barbosa e enfiando muito dinheiro na bolsa.
Cercada de todos os lados contra qualquer válvula de escape, tudo indica que a grana era mesmo propina do mensalão do DEM no governo do Distrito Federal. Mesmo assim, esperançosa, a parlamentar tenta outra saída para o dinheiro: diz que é verba da campanha de 2006.
Outros deputados como Leonardo Prudente (sem partido) e Júnior Brunelli (PSC) foram mais inteligentes. Prevendo que iam pegar mal, preferiram economizar saliva renunciando pela raíz, o cargo à cassação. E , como diz o ditado : " Quanto menos mexer com a coisa, melhor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário