Páginas

27 de nov de 2011

A ESPOSA DO TRAFICANTE "NEM" DA ROCINHA -ANTES E DEPOIS DE "CAIR A CASA"

DO BANHO DE LOJA À LAMA

Depois...
Antes...
Danúbia de Souza Rangel; embora jovem, já constava do seu histórico dois lados de uma vida bastante tumultuada. De um lado, abastada, do outro deprimente.Precoce, ainda, a mocinha apoderou-se como marido o traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem,dono do tráfico de drogas na Rocinha, o homem que se encontra, hoje, na Penitenciária de Segurança máxima do Mato Grosso do Sul.  Até então, a moça já teria ostentado o título de xerifa da Rocinha enquanto seu marido dominava a favela.
Moravam felizes sob o teto de uma luxuosa mansão, ela, era uma dondoca de cabelos louros, lisos e longos com apliques de mega hair.


Quem te viu assim, quem te vê...
Bem trajada com roupas de grife, jóias raríssimas dirigindo carrões, passeando de helicóptero, enfim, bem diferente da realidade em que vive, hoje, no Bangu, detida pelos policiais do BOPE para prestar importantes depoimentos.

Irreconhecível aos olhos dos curiosos que rodeavam as imediações do salão donde ela foi levada, inesperadamente, no momento em que se embelezava. Ainda de cara lavada, cabelos crespos estava deixando a vida boa, de rainha, ainda sendo objeto de  bandido para ser objeto de importantes apurações do combate ao tráfico. Um exemplo e tanto para mostrar a outros envolvidos e por envolver, que, o crime não compensa.

2 comentários:

  1. Cadê o luxo, menina? E aí? No que deu tudo aquilo?

    ResponderExcluir
  2. Cadê NEM o esposo da moça q morava num céu...Hoje,no xadrez sem luxo sem droga, igual a qualquer um...

    ResponderExcluir