Páginas

10 de nov de 2011

JOVEM APARECE MORTA DEPOIS DE ENCONTRAR COM ESTRANHO, CONHECIDO EM SITE DE RELACIONAMENTO

Thaná, 16 anos,  morta, por assassino, encontrado virtualmente
ENCONTRO FATAL COM PESSOA VIRTUAL
ALERTA- NAMORO NA INTERNET    

O caso de Thainá de oliveira, de 16 anos, não é o primeiro do gênero. Pelo visto, infelizmente, como vem se repetindo,nem será o último.
O desfecho, em questão, foi muito estranho daí as insinuações: 

Thainá foi ao encontro do desconhecido que pode tê-la induzido ao local longínquo para onde foi levada de carro depois de um bate-papo virtual em sua casa.


De acordo com a família de Thainá,ela havia saído de casa por volta de 15 h de quarta-feira, logo após o contato no computador com o duvidoso.
Uma testemunha que praticava cooper disse que a jovem estava com um homem dentro de um cadete preto parado numa rua tenebrosa e deserta; ladeada por muros e matagais. Deu para a testemunha perceber no banco de trás algumas cordas.Mas, até então, a atitude que parecia estar no começo quase não era levantada suspeita.Confundindo com um casal normal,a caminhante segue seu trajeto.
Na volta, ela não vê mais o carro. Percebe um corpo de mulher no chão, perto de um poste onde está amarrada a corda supõe-se que seria a que foi vista no carro. De imediato, aciona a polícia. 
Tudo indica que Thainá, conforme avaliou o tio que reconheceu o corpo junto à polícia, em primeira mão, foi morta por asfixia e o crime foi premeditado.O local ermo da ocorrência ficava há 30km da casa de vítima, no Conj. habitacional popular em Campo Limpo na cap. paulista.
A demanda do caso misterioso está requerendo muita cautela; razão pelas quais as investigações estão sendo conduzidas pelo DHPP em torno das circunstâncias que deverão ser minuciosamente apuradas.



3 comentários:

  1. Esse povo, ainda não aprendeu ?Genteim, genteim...Dependendo a internet pode ser uma arma contra si própria.

    ResponderExcluir
  2. Ô...Ô... dó!!!Mais uma...Mais um. Óbito...

    ResponderExcluir
  3. Precisamos acabbar com isso!Incentivando nossos filhos sob perigos q correm.

    ResponderExcluir