Páginas

13 de ago de 2010

OS RISCOS DE ALIMENTOS FORA DA GELADEIRA

ALERTA ÀS INFECÇÕES FÁCEIS

Quando ouvi pela primeira vez falar sobre os seguintes rigores na conservação da alimentação, pensei que tudo isso não passava de exagero.
A curiosidade sobre o assunto, levou-me a observar em estudos de especialistas que tudo apontava radicalmente a utilidade da geladeira numa casa. Enfim, no tema discorrido, tudo girava em torno de cuidados com a  conservação sob refrigeração dos nutrientes.

Estes, quando guardados em potes dentro da geladeira, devem-se mantê-los gelados sem tampa por aproximadamente duas horas. Passado esse tempo, é que podem ser tapados e mantidos normalmente à temperatura, bem como também, depois de cozidos os alimentos não devem exceder a esse tempo, (duas horas ), fora da geladeira quando têm início a ação das bactérias.

O alerta é mais severo do que se imagina quando o assunto é sobre comidas que enganam.Contaminadas quando a impressão é de que sejam saudáveis.
Esquecer uma torta no forno ? É um desastre! Bactérias fazem a festa. A temperatura ambiente pela qual elas preferem, é para atuar e fazer por merecer uma bela intoxicação; daí  ao tendente risco de  febre, diarreia e vômito, enfim, muitas e sérias complicações, é um pulo.

Potanto, amigos, não deixem alimentos fora da geladeira !  O descuido com o acondicionamento daquilo que ingere, é a principal causa de doenças no ambiente doméstico.

2 comentários:

  1. A incidência de mortes por bactérias não são contabilizadas. Infelizmente

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Mírian pela intenção e o alcance do seu objetivo nesse blog. Este aqui, é mais um alerta sobre o perigo que nós ronda.
    Parabéns e muito obrigada
    Lucy

    ResponderExcluir