Páginas

3 de ago de 2011

OBSESSIVA PELAS PLÁSTICAS, JOCELYN, A MULHER - GATO, CHEGA A ASSUSTAR

Diversas faces da mulher- gato pós-bisturi
 ALERTA                                                                               
- PAGOU CARO PARA FICAR FEIA
- AÇOUGUEIROS DO BISTURI QUEREM DINHEIRO

Mal delineada a mulher-gato e não gata como tanto queria


Quem pensa ainda hoje, que o número de plásticas é sinônimo de ficar bonita, engana-se.
A exemplo disso, a socialite suiça Jocelyn Wildestein submeteu a diversas cirurgias plásticas até não mais justificarem seus efeitos satisfatórios.
O esposo gastou 2 milhões na tentativa de reconstruí-la em vão. A sua face foi detonada e ela continuou iludida. A menor insatisfação verificada por ela no seu rosto lá estaria Jocelyn no cirurgião de sua confiança tentando repaginar aqui e acolá.
Tentando o melhor, coitada!
A obsessão que começou ainda recém-casada movida pelo medo de ser traída, teria tomado conta da socialite, principalmente, depois que ela encontrou seu ex-marido, o milionário francês Alec Wildestein com uma modelo russa de 19 anos na sua própria cama motivando a separação.                
Apostando numa próspera auto-estima já se  sentia resolvida. Jocelyn, com 70 anos, então,não titubeava em gastar rios de dinheiro. Para ficar horrorosa a mulher apelidada de "mulher gato" e não "gata" conforme pretendia, já gastou US$ 4 milhões nos procedimentos que a tornaram um monstro.
Foi o medo de ficar feia e perder o marido que teria gritado mais alto do que a conscientização. Isso a encorajava a ponto de promover estranhas e incessantes tentativas seguidas de insucessos assustadores.
  A última, antes de mexer,
ela só quís melhorar 
Pelo que se vê, nem sempre a obsessão e o dinheiro juntos para se conseguir um rosto perfeito significa garantia. De repente,o transtorno compulsivo e obsessivo surte um revertério desastroso.

O desvario que começou quando Jocelyn ainda era uma mulher bonita, ( foto de 1970)comprovada a beleza uma vez que ela conseguiu conquistar o coração do milionário disputado pelas moçoilas de destaque à época.
Infelizmente o que mais se atrai junto a debilidade doentia desse porte são os oportunistas "açougueiros do bisturi". Estes, sim, querem é muito dinheiro.Aproveitam do transtorno patológico dos clientes ricos que se tornaram fragilizados, para engordarem suas contas. Jocelyn que já era bonita por natureza, certamente, foi para diferir das outras mulheres que ela apostou no artifício de uma imagem felina.
Conclusão: Em time que está ganhando, nunca se deve mexer.


5 comentários:

  1. POBRE JOCELYN!
    IMAGINAVA QUE SERIA O "OH", MATARIA A PAU. COMO SE VÊ, NEM TUDO SÃO FLORES!!!

    ResponderExcluir
  2. Só arruma interesseiros.Os cirurgiãos e agora o namorado.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Na verdade, o que ela mais queria era voltar atrás ter ficado com seu maridinho e hoje ser normal.

    ResponderExcluir
  5. QUIEM FOIU ESSE ASSOGUERRU ?

    ResponderExcluir