Páginas

27 de set de 2011

QUEM TERIA MATADO BIANCA ?

MEIO CAMINHO ANDADO COM BASE NO ÓBVIO

O que leva um assassino ser tão frio e calculista ao ponto de matar uma jovem bonita com uma vida inteira pela frente ?
Estudante de Finanças, Bianca Consoli, 19 anos foi encontrada morta, trancada dentro da sua própria casa. Tudo indica a possibilidade de o assassino pertencer alguém da sua própria família.Isto é, entrou, fez o que fez e saiu pela porta da frente sem deixá-la escancarada como fariam os de fora.

No afã de desvendar o mistério a justiça estuda cada possível suspeito do caso. E foi nessa linha de investigação que o padrastro da garota que já estivera no jogo do baralho foi descartado; uma vez que no provável momento ele se encontrava no trabalho juntamente com a mãe da vítima.
No cenário do crime que chega praticamente ao fim da linha, está implícito sinais de luta corporal. Tudo revirado no interior da casa onde, em meio ao resultado do ataque, resume um corpo inerte com sinais de ferimentos principalmente na boca e barriga. Ah, as unhas! Debaixo de uma delas fora detectado resquícios de pele (sendo investigada a identidade tão logo mostrada). 

À luz do desvendamento,uma das conclusões indica que a moça muito atraente, fora atacada certamente objetivando uma conquista bestial que não viera a contento. Pelos indícios, longe de não ser da parte de alguém pertencente ao mesmo teto. Mas, como houve rejeição houve reação, desencadeando luta corporal. Bianca ferida pós luta, foi asfixiada, enforcada e morta como queima de arquivo.
Por enquanto, ninguém pode afirmar nada cartegoricamente; embora prevaleça fortes insinuações, até o momento, contra o cunhado de Bianca Sandro Dota. Um suspeito que parece peencher todos os requisitos infalíveis ante a autoria levantada.

Sandro, se defende com unhas e dentes tendo antecedentes no seu histórico criminal. Portador da chave da casa de onde nada fora roubado, trás também no corpo marcas de ferimentos e se defende da coincidência dizendo que sofrera uma queda na obra onde trabalha; se é que trabalha. Quanto as chaves, dissera que guardava-as para usar a máquina de lavar roupa sempre que  preciso fosse.

Aliás, ninguém está querendo saber "pra quê isso prá quê aquilo". O que intriga é o suspeito ter acesso livre para entrar na casa quando quisesse e de uma hora prá outra aparecer assinalado por ferimentos no seu corpo tanto quanto a vítima.
No fechar do cerco que obviamente o noticiário como uma bomba irá detonar, todos, curiosos, haverão de atentar para a mídia. E, "não ficará nas bancas jornal sobre jornal que não seja lido".

2 comentários:

  1. Sim
    TA MUITO ENRROLADO ESSE CASO, PORQUE O CUNHADO SE DEFENDE TANTO?

    ResponderExcluir
  2. Bom, venho acompanhado o caso desde o início. Os ferimentos que o mesmo mostrou num canal de TV não é compatível com ferimentos de unha...nem tão pouco de uma luta corporal. O fato dele ter constituído advogado é pq estava sofrendo discriminação na delegacia pelo fato de já ter sido preso e segundo ele ter sido incitado pelos policiais a confessar o crime (crime q segundo ele não cometeu). Não consegui ainda me convencer de que ele é o criminoso pois a maioria deles foge qd vê q "a casa caiu". E ele, pelo contrário está dando a cara pra bater na imprensa e inclusive quer que façam teste de material genético nele o mais breve possível. Bom, vamos aguardar...pq como em filmes de suspense, nunca podemos ter ctz absoluta de nada...Tudo pode ter acontecido!!!

    ResponderExcluir