Páginas

6 de ago de 2009

GAROTA MORREU ELETROCUTADA QUANDO EMPINAVA PAPAGAIO


A laje da casa do Sr.José de Paulo Nascimento no Morro das Pedras, em Belo Horizonte, era um chamariz para a meninada. Ali era um ponto de encontro onde crianças empinavam papagaios desde a manhã, bem cedinho.
Dois sobrinhos do "Seu Zé", Nicole de 8 anos e Diogo de 10, comandavam a brincadeira. Todos ali, entretidos pela querença, nem olhavam aonde pisavam ou aonde tocavam suas mãos. Inocentes, desconheciam o perigo que da diversão pudesse advir. Não sabiam o que poderia estar por baixo daquele aranzel profuso de fios cruzados.

O dono da casa imprevidente, nem se preocupava em conter o número de carinhas diferentes que por ali se revezavam. Conforme poderia se prever, certo dia, num dos mais acalorados em que se demandavam espaço para o folguedo,uma pipa foi tomada, pelo vento, da mão de uma das crianças e se instalou em ponto periculoso por entre os fios gastos de ferrugem. Na esperança de retomar o brinquedo da amiga, Nicole se aproxima da pipa e, junto a ela, não percebe o perigo iminente na fiação elétrica ali exposta. Na tentativa de se desvencilhar da descarga recebida, segura no irmão, transferindo para ele,o choque em potencial.
A menina não resistiu ao impacto e morreu no local. Enquanto isso, o menino padece em estado grave no hospital com o corpo quase todo queimado.

E mais uma vez se faz necessário que a fatalidade ocorra para que sejam tomadas as devidas providências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário