Páginas

26 de nov de 2009

EX- MULHER É DIFAMADA EM PANFLETO, PELO EX- MARIDO, DE FAZER PROGRAMAS SEXUAIS-



Revoltado com a mulher L. que o abandonou depois de descobrir que ele estava se relacionando com outra, o funcionário público J. E. S. O. tramou uma vingança malígma contra a sua ex e a filha da mesma.Mandou distribuir nas imediações da região Metropolitana de Belo Horizonte onde moravam, panfletos difamatórios nos quais mãe e filha se ofereciam para fazer programas com homens casados e solteiros por preços variados ente R$ 50,00 e R$ 70,00 . O resultado do escândalo renderam muitos telefonemas e abordagens naquelas proximidades onde eram conhecidas.
O funcionário público será indiciado em um inquérito já instaurado pela Polícia Civil e responderá pela prática de crimes de difamação, injúria e calúnia, podendo ser condenado, em caso de julgamento judicial, a mais de três anos de prisão.

O delegado Marco Antônio Martins, titular do 3º Distrito de Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde a polícia investiga o caso, disse nesta qurata-feira (25) que vai vincular o inquérito na Lei Maria da Penha, para que o comportamento do funcionário público seja julgado convenientemente sob os rigores a que regulamenta a referida lei.




Nenhum comentário:

Postar um comentário