Páginas

26 de nov de 2009

O HOMEM MAIS INTELIGENTE DO MUNDO É ANTI-SOCIAL




Considerado na atualidade o homem mais inteligent do mundo, o russo Grigori Perelman, nascido a 13 de junho de 1966, é um gênio enigmático, e dado a enclausurar-se que assombrou o mundo acadêmico ao afirmar ter resolvido um dos problemas mais difíceis da matemática, o Teorema de Poincaré.Em 2006 o congresso de matemática realizado em Madri, da União Matemática Internacional concedeu a Grigori Perelman, a Medalha Fields, considerado o Nobel da matemática por seu trabalho. Perelman foi convidado, mas não compareceu ao evento.Também recusou o prêmio de 782.000 euros oferecido pelo Instituto Clay de Matemática de Cambridge, que seria seu pela resolução do problema. Não recebe à imprensa, nem conversa com seus colegas. A matemática lhe decepcionou e diz que os prêmios são irrelevantes porque se qualquer um pode entender que se a solução do Teorema está correta então há a necessidade de nenhum outro reconhecimento. Perelman recusou vários outros prêmios, porque acredita que as pessoas que lhe ofereciam os prêmios não estavam capacitados para entender seu trabalho.Ele fala uma linguagem especial mas não encontra interlocutor com o qual possa entender-se.
De seu grau mais alto, o homem mais inteligente do mundo,vive com a mãe, isolado e está desempregado. Além do mais não pode e nem quer falar com ninguém. Os gênios parecem anti-sociais. É difícil comunicar-se com eles, mas lhes devemos os grandes saltos para o futuro. No século passado, devemos em parte a Einstein e sua teoria da relatividade. Neste, a Perelman.MDig
Registado
/* */

4 comentários:

  1. Em resumo, nem parece que é inteligente, perdendo tanta grana assim...

    ResponderExcluir
  2. Realmente, é mesmo contraditório.A pessoa não justifica a capacidade q tem. Ou melhor,a capacidade está a mil anos luz à frente.
    Eymard Serrano

    ResponderExcluir
  3. tenho amigos superdotados,geralmente são pessoas tímidas,más no geral sao pessoas boas

    ResponderExcluir
  4. Ele pode ser um fruto da Educação Soviética, a URSS tinha superioridade nas Exatas, a Rússia tem muitas pessoas com ensino Superior e Doutorado, se o Brasil investisse pesado na educação e mudasse essa metodologia até poderia ter futuros gênios.

    ResponderExcluir