Páginas

15 de mar de 2011

UM POUCO QUE DIZ MUITO SOBRE O TERREMOTO E O TSUNAMI NO JAPÃO

Aviões que dão suporte à operação de ajuda
RESUMO CHOCANTE  INCLUI FORTES IMAGENS (em vídeo -abaixo mencionado)   

Momento da chegada do tsunami no japão
 Há quem diga que o Inferno de Dante Alighieri seria pequeno se comparado ao cenário desolador que abalou não só o Japão, mas o universo em potencial. Haja visto, o forte tremor de 8,9 graus de magnitude que atingiu a terra do sol nascente em plena sexta-feira ser o maior registrado no país.
As imagens do caos instalado são onde se resume cenas inéditas da destruição: um terremoto seguido de tsunami  e os dois responsáveis direto pelos acontecimentos surpreendentes, desoladores e, finalmente, o perigo, da radioatividade, aos que por lá ainda restam.
As operações de resgates e prevenções que incluem 10 mil soldados, 300 aviões e 40 navios de guerra testemunham horrores  no que diz respeito aos desígnios daquela, hoje considerada, pobre nação.
Fotos do tsunami, que significam um mar de destroços com  prédios inteiros destruidos, carros arrastados, pelas forças das águas, afogamentos e pânicos  varridos e calados por ondas gigantes.Em meio a tudo isso retrata-se pormenores monstros como um japonês recolhendo o que sobrou da sua casa; quando se deu conta tinha sido arrastado pelas águas. Aconteceu em Minamisona, na região nordeste do país, também castigada pelo terremoto.
Shinkauwa ficou a deriva por dois dias agarrado ao telhado da sua casa.Foi resgatado domingo, em alto mar, afastado 15 km da costa. Sua mulher não teve a mesma sorte, desapareceu na onda. Outro habitante da região costeira não chegou a usufruir da sua casa tão sonhada. O lugar onde morou por apenas um dia foi tragado pelas águas.
Assustam-se os acontecimentos provocados pela obra da natureza resultantes de um terremoto gigante prosseguido pelo tsunami das terras japonesas. Apesar  de ser  uma catástrofe oriunda de   um país asiático riquíssimo, está precisando de todos para lhe  darem um ombro amigo, um alento ou uma mão. Enfim, tudo isso e algo mais; o que o dinheiro não compra.
                               No vídeo a seguir, cenas fortes do momento exato da catástrofe inesperada            
                                  

4 comentários:

  1. A catástrofe inenarrável sobretudo sem comentários.

    ResponderExcluir
  2. Que as bênçãos divinas atinjam aquela região costeira. Deus seja louvado!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei dos problemas de cada um. Mas será se não era hora de sairem dali para não morrer ou poupar preocupações ?
    Ouvi notícia hoje 16/03 que os prédios voltaram a balançar na capital.

    ResponderExcluir
  4. Isso tudo é obra da natureza. Só Deus cabe explicação.O que devemos temer é pela obra da estupidez humana como desmatamentos poluições. erosão etc.

    ResponderExcluir