Páginas

16 de mai de 2011

CANTOR RESOLVE ADMITIR QUE PILOTAVA HELICÓPTERO SEM BREVÊ

UMA AVENTURA EM MEIO ÁS NUVENS

Conseguiu?
Depois de negar, pela coragem improcedente que o incriminaria, o cantor Marrone,  da dupla sertaneja “Bruno e Marrone”, sem graça, não teve como não voltar atrás e admitir em rede nacional a verdade.Pois, as provas evidentes começaram a aparecer desde o momento do resgate quando Marrone foi flagrado na fuselagem assentado do lado direito onde seria o assento do piloto.
destroços do helicóptero
Ademais por outras razões explícitas   o cerco já estava fechado. Tudo indica que o piloto, em  entrevistas, não havia combinado com o cantor e seu secretário que já caíram sem ação, impossibilitados de arquitetar uma mesma versão. O que o piloto sempre tem falado depois da lucidez era constantemente, a contradição do que o outro em condições de falar, dizia.
Se embaralhavam todos e fatalmente, nenhum nem o outro- em condições-  diziam coisa com coisa.


Cedendo as evidências Marrone disse tentando aplacar a situação, que era acostumado a pilotar a poucos pés.
Piloto a mil pés, cede a cotramão
 
Na concepção do cantor- autor, teria sido só uma aventura que desencadeou destroço de helicóptero, perna amputada de piloto, Almir Carlos Bezerra, internação de Jader Borges que queria apenas dar um passeio e terminou em coma e o cantor que está ai sem nunhum arranhão; mas, sendo coragem de pilotar sem condições e sem o brevê que só agora exibe-o.
Estaria ele disposto a fazer tudo de novo?Boa pergunta!

2 comentários:

  1. A falta de habilitação, bebedeira e outras cousas mas detona com tudo nesse mundo. inocentes pagam por pecadores e por ai vai...

    ResponderExcluir
  2. Marrone tão criança! Inocente.RS

    ResponderExcluir