Páginas

30 de mai de 2011

QUEM É A ESPOSA DO PROMÍSCUO EX-CHEFE DO FMI ?

Esposa resignada de Dominique
A ESPOSA TRAÍDA E APAIXONADA


Todos que veem a situação do homem que renunciou o  cobiçado cargo de diretor do FMI em razão do crime de má reputação logo questionam :
Quem é a mulher dele, se é que nessas alturas ainda prevalece ?
O eterno namorado da esposa traída:Dominique...nique...nique..
Dominique Strauss-Kahn, por incrível que pareça, tem esposa, sim; e, sem sombra de dúvida, a mais compreensível das criaturas.É a jornalista Anne Sinclair; bonita de olhos claros,simpática e muito  bem casada; na sua própria concepção.Abastada financeiramente,  a famosa herdeira do avô milionário, o marchands Paul Rosemberg, se ocupa em grande parte do dia e por vezes à noite em ajudar o marido para livrá-lo das penas -bem merecidas, aliás- por assédios, tentativas de estupro e algumas violações sexuais.
A maior surpresa da imprensa mundial foi quando ela demonstrou publicamente o apoio ao seu esposo acusado até o pescoço dos crimes extra- conjugais. Questionada por curiosos sobre tamanha aceitação de manter um marido promíscuo ela se diz orgulhosa pelo marido mulherengo que tem. Diz, ainda, vibrar com o histórico de estrupros a cada confirmação do maridão.Em suma acata e se orgulha de ter um marido mulherengo.
"O que ele fez ou se o fez, não foi nada mais além de dar uma escapadinha para um momento de amor, uma aventura, enfim." Resalta. Importa-lhe a convivência intensa vivida com ele a cada dia, nos seus relacionamentos, como se fosse o primeiro.Conforme disse em entrevista.
O palacete que virou prisão- alugado por RS$ 50mil dólares mensais
Se mostrando disposta a ajudar Dominique nos seus problemas  ela recentemente foi em audiência judicial e propôs  negociação milionária de libertação do esposo, enquanto, finalmente, foi dicidida a estadia dele, em prisão provisória e domiciliar. Ela alugou uma casa para detê-lo, no valor de US$ 50 mil dólares mensais onde o homem de sorte mantém hábitos de luxo e espera o início do seu julgamento. Ali são feitos  desde pedidos de porções de filet de saladas em restaurantes na faixa de US$ 500;  e US$ 50 de gorgeta.Sem contar os petiscos levados pela mulher a sua apreciação.
Enquanto, ali, os pratos da culinária degustados pelo político francês giram em torno dos prazeres de sofisticadas guloseimas, o julgamento mais aguardado de Dominique na justiça sobre os prazeres da carne pode terminar a qualquer momento em pizza.
No dia a dia além dos tira-gostos de ouro vai curtindo banhos sofisticados, SPAs, bar e espaço de 630 metros quadrados com todas as mordomias próprias desse tipo de residência. Ora, seus hábitos de luxo custam caro aos bolsos da sua mulher; nada mais, nada menos do que US$ 200 mil. 
Anne é a terceira esposa dele num casamento que já dura 20 anos sem interrupção. Levam uma vida de elitistas burgueses. Ela sabe de todas as proezas do marido e vibra com cada uma nos mínimos detalhes.
Quando ficou sabendo do último escândalo de Strauss-Kahan, a santa mulher, não mediu esforço. Voou de imediato para dá-lo apoio.
Forte e decidida,  Anne continua firme, irredutível e apaicxonada porquanto fiel até que a morte os separem.

3 comentários:

  1. SANTA E CANALHA> NÃO SEI QUAL O PIOR.Santa ele abusa da bondade dela.Canalha ele abusa da paciência.

    ResponderExcluir
  2. Se a moda pegar!!!As mulheres tomarem chifres como troféus!VIXE.

    ResponderExcluir
  3. É chifre?Tem gente q não importa. Deixa. Ah se fosse comigo. Podia ser Eike Batista...Comia fogo comigo.

    ResponderExcluir