Páginas

14 de fev de 2010

ASSALTO À MÃO DESARMADA



Cada um rouba como pode.Nesse caso, Carlos Augusto dos Santos de 45 anos, era o terror dos moradores da Vila Pinho, na Região de Barreiros em Belo Horizonte.

Mudo, sem voz para dizer em palavras : Isso é um assalto!!! O homem, apesar de comprometido oralmente, era esperto o suficiente para inventar uma nova modalidade de apropriar-se indevidamente de pertences e dinheiro fácil.

Em vez de revólver ou objeto cortante, apenas com um lápis e um papel fazia um inusitado bilhete para entregar suas vítimas:

"Isso é um assalto, fique tranquilo e me entregue o dinheiro em silêncio, se você gritar eu mato você e qualquer um que tentar me impedir.""
Cansados, os moradores resolveram tomar pé da situação. Na Avenida perimetral por onde ele costumava passar foi surpreendido por populares. Revoltados com a audácia do homem, resolveram acabar sozinhos com o problema, fazendo justiça com as próprias mãos.

Espancado e muito machucado pelos moradores daquelas imediações, passando de periculoso a ser vítima também, o assaltante foi levado para o hospital. Se com vida ele conseguir escapar, a sua conduta, depois da correção,certamente será mudar definitivamente de intenção.





Nenhum comentário:

Postar um comentário