Páginas

6 de jun de 2009

ADVOGADOS FAREJAM COMO URUBUS O AIRBUS A330 DA AIR FRANCE

O Presidente da OAB do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-Rio) Waldih Damous, promete ser implacável contra advogados que estão acercando famílias dos passageiros do Airbus-330 da Air France.
Tudo começou quando a Diretora-Geral da Air France no Brasil, Isabelle Birren, enviou comunicado a Damous denunciando advogados que estão assediando parentes das vítimas hospedados no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.
Assevera ainda, quanto a improcedência do ato:
"Aqueles profissionais que estiverem violando o Código de Ética responsabilizarão pela gravidade do fato." E critica : "Advogado não é urubu a farejar a dor humana e nem ato jurídico deve ser confundido como anúncio de peças íntimas."
Se isso for verdade, os profissionais além de se rebaixarem, estão se precipitando, pois, não se sabe ao certo aonde o acidente aconteceu para, a partir dai, atribuir a França ou ao Brasil a responsabilidade das investigações e da emissão de documentos como, por exemplo, atestado de óbito.Pois, antes da hora, o urubu fareja corpos que ainda estão debaixo d'água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário