Páginas

7 de jul de 2009

CORPO DE MICHAEL JACKSON ESTARIA SEM CABEÇA


Doze dias depois da morte de Michael Jackson,ainda sem concluir as investigações sobre o consumo de drogas e qual tipo de patologia sofreu,já havia preocupação por parte da família em torno da demora da conclusão dos testes feitos no cérebro. A liberação do corpo, não teria como se processar antes de no mínimo 4 semanas.
Segundo o Dr. Cyril Wecht, "o cérebro não pode ser analisado no momento da necropsia. Não pode ser testado enquanto estiver no corpo. Por isso,é necessário cortar a medula espinhal e removê-lo.O cérebro será colocado num recipiente de plástico, com formol, em um local com ar refrigerado".

Ao que tudo indica, presume-se que o motivo da morte do Rei do Pop,tenha relação com o vício em medicamentos.
Com a minúcia do trabalho,a demora pode se arrastar por 6 semanas. Conforme o jornal The Mirror, o cérebro foi retirado para o estudo desde um dia seguinte à morte.
Os legistas previram o enterro simbólico (sem o corpo presente), posteriormente a família quis dar por encerrado a tortura da demora do sepultamento e assumiram o funeral com o corpo mesmo sem a cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário