Páginas

18 de mar de 2010

CRIANÇA É ARRANCADA DOS BRAÇOS DA MÃE FRENTE ÀS CÂMARAS DE TELEVISÃO





Na delegacia de Jundiaí, SP , uma criança de um ano e meio foi arrancada à força, por uma policial, dos braços da mãe.
A cigana Dirvana Dias foi acusada de levar a filha para pedir esmolas no centro da cidade.
Com ordem judicial, o abuso previsto em lei foi levado a termo. A criança e a mãe que não cediam à separação se abraçavam aos prantos e desespero enquanto a policial forçava a separação.
A aflição entre mãe e filha registrada em vídeo foi tamanha, de maneira a comover o mundo.
As imagens captam a menina sendo puxada com violência e levada de dentro da delegacia para um carro da prefeitura que aguardava à porta.
O destino era um abrigo de menores para onde a criança inconsolável foi levada. A cena insensata e traumática para uma mãe que assiste a contragosto a partida da filha, emocionou os mais insensíveis cristãos.
Seria essa a solução encontrada pela justiça que julgou o caso e fez cumprir a determinação ?
Segundo o juiz do caso, o bebê estava exposto a risco e submetido a vexame.

Mas para muitos que viram o vídeo, maiores serão os riscos do trauma da separação e do vexame frente às câmaras.
A prova de amor materno suplanta em favor da mãe que pede esmola levando a filha. Certamente, na sua simplicidade de mãe, queria mostrar com orgulho que é para a filha que está pedindo o pão.

2 comentários:

  1. Conto de uma sensibilidade ímpar.

    ResponderExcluir
  2. A mãe tem q fik com filha mãe é mãe.

    ResponderExcluir