Páginas

23 de fev de 2011

O ASSASSINO DE VANESSA, O GRANDÃO, É MESMO UM MONSTRO NA SUA DISPOSIÇÃO

ALERTAS

Vanessa e o noivo com quem breve, iria se casar-
Um assassino altamente periculoso pode estar a sua frente. Embora seja amigo, vizinho ou até mesmo com laços de parentesco não vale descartar a possibilidade de matar por algum motivo do mais complexo ao mais simples como foi o caso da Supervisora de vendas Vanessa Duarte, 25 anos. em São Paulo. O motivo do crime consumado a que a polícia tem conhecimento até o presente momento, foi apenas porque  via passar a moça linda, gostou do seu visual e o distúrbio que supostamente trazia nas suas entranhas viera à baila se tornando um obsessivo pela jovem.Vendo-se na impossibilidade de possuí-la sexualmente, passou a monitorá-la para conseguir à força satisfazer seus instintos bestiais.
Mais rápido do que se pudesse imaginar, o caso do estrangulamento de Vanessa foi desvendado. Com riqueza de 
 Um monstro com tamanho e maldade monstro
imagens, testemunhas e farto depoimento foi que a polícia chegou tão logo ao desvendamento do caso.
O principal suspeito de 2,3 metros de estatura, Edson Bezerra de Gouveia, 35 anos, era literalmente um homem grande, monstruoso no mundo do crime. Presidiário do sistema semiaberto foi o responsável primeiro de torturar e matar  Vanessa com requintes hediondos  e ajuda de um amigo. A vítima  que permaneceu há mais de uma hora de terror nas mãos dos bandidos; entre outras torturas, sofreu deformações na face e asfixia por absorvente higiênico na garganta.
Revolta e adeus à Vanessa
Edson conhecido por Buda ou grandão, foi solto há um ano do Centro de Progressão Penitenciária por benefício de liberdade provisória.Comparecia ao Fórum de Barueri a cada três meses para atualizações.A última vez que lá esteve, foi uma semana antes de cometer a atrocidade.
Com esse, é mais um procedimento criminal desvendado tão rapidamente que prova a inexistência de crime perfeito. Um alerta para quem pretende desvirtuar para o mundo dessa estirpe ou de outra semelhante ação.
Outro alerta é a precaução de se manter distância, por mais longe  que estiver de um bandido; com maior gravidade de risco se ele estiver em situação de benefício condicional. 

Um comentário:

  1. É mesmo um monstro com passagem por carceragens e todos sabem q ele está na região metropolitana de São Paulo. Pq não mostra logo o carão? Será se ele tá achando que vai viver preso. O círculo tá fechando....Afora se ele escapar das mãos da multidão q quer linchá-lo.

    ResponderExcluir