Páginas

15 de jan de 2010

HAITI :MILITAR CONVERSAVA COM ESPOSA, FELIZ, QUANDO VEIO O TERREMOTO



(NOTÍCIA)


A potiguar Heloiza Chagas Maia conversava no skype com o esposo Raniel Batista de Camargos, 42 anos,que se encontrava no Haiti, quando ele foi surpreendido pelo terremoto. "Raniel deu os parabéns a Giovanna, nossa filha que fazia seis anos. Pedi para ele ficar mais um pouco para cantar os parabéns, ele sabia da festinha que a gente estava fazendo para ela. No entanto, a conexão caiu por volta das 18h30 (horário de Natal) e depois daí aconteceu tudo", disse ela, emocionada à TV Cabugi. Heloiza relatou ainda que antes do terremoto, ainda pelo Skipe, Raniel relatou que estava bem, feliz, e que a missão estava acabando. Disse também que estava louco para voltar para casa.
O encontro entre os dois seria em Natal, em casa de familiares, cidade onde Raniel serviu durante vários anos, no 16º Batalhão de Infantaria do Exército. O subtenente retornaria ao país no dia 28 deste.
Camargos que estava no Exército há 21 anos, ingressou na Escola de sargentos, em Três Corações MG, em 1989. Depois que se formou, além de Natal, ele passou por Brasília (DF), Assis Brasil (AC) e Botucatu (SP). Com o seu regresso, continuaria trabalhar no 37º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lins, interior de São Paulo, onde morava com a esposa Heloísa e dois filhos, Giovana, de 6 anos, e Luis Gustavo, de 2 anos.

Informações colhidas da redação do Diário de Natal

Nenhum comentário:

Postar um comentário